sexta-feira, 23 de abril de 2010

Ranking de Sócios na cidade de São Paulo 1942

Fonte: Almanaque Sportivo 1942, de Thomaz Mazzoni

Bom lembrar que até meados de 1942, o SPFC não possuia patrimônio para usufruto de associados, um clube social, verdadeiramente dito. Seus sócios eram, pura e simplesmente, fanáticos incentivadores do futebol. Vale ressaltar que o CR Tietê se assegurou como o maior clube social de São Paulo, naquela época, devido a fusão com o São Paulo Futebol Clube, em 1935. Ou seja, os números do SPFC renascido em 1935 são espantosos até mesmo por isso, com 7 anos de vida e já tendo formado um quadro social extremamente respeitável.

Um comentário: